Quanto custa um site

com Sem comentários

Ter um site é cada vez mais acessível, além de essencial para muitos tipos de negócios. O website funciona como uma vitrine para os seus produtos e serviços, pode te colocar na busca do Google, pode também funcionar como a sua loja e dá um ar mais profissional para o seu negócio.

Mas, afinal, quanto custa um site?

Depende ... o custo varia de acordo com o tipo de site que você deseja desenvolver, com os recursos que o integram, número de página e vários outros aspectos, que tornam o projeto mais ou menos complexo.

A criação de um site é um serviço personalizado, que envolve diversos fatores e possibilidades, e é por isso que não é tão simples dizer quanto custa um site.

Como escolher qual tipo de site eu preciso?

Na hora de determinar como será o seu site e os recursos que ele deve ter, pense nos seguintes aspectos:

Objetivo - Por que quero ou preciso de um site? Isto te ajuda a determinar se precisa de um blog, se o site deve funcionar como uma loja online etc.

Funcionalidade - Quais funcionalidades o site deve ter agora? E no futuro?

Orçamento - Quanto você está disposto a gastar na construção do site?

Manutenção - Sites não devem ser colocados no ar e depois “abandonados”. Eles precisam estar atualizados, tanto o seu conteúdo quanto plugins, templates e afins. Você vai ficar com essa função ou precisará contratar alguém para te ajudar?

Sites gratuitos

Há diversas plataformas que possibilitam a criação de sites de forma gratuita, fácil e rápida, não precisando de um profissional especializado para realizar essa tarefa.

Se por um lado essa pode parecer a solução perfeita, por outro há pontos a serem levados em consideração:

  • Segurança: é comum estes sites apresentarem problemas de segurança e serem hackeados, comprometendo os seus dados e dos seus clientes.
  • Recursos limitados: uma plataforma gratuita não vai apresentar as mesmas possibilidades que uma paga. O ideal é avaliar se faz sentido ter um site que talvez não possua todos os recursos que você gostaria.

Algumas plataformas que oferecem sites gratuitos:

Sites pago

A construção de um website envolve uma série de etapas. Para entender quanto custa um site, é importante conhecer cada uma dessas etapas:

  • Domínio
  • Servidor de hospedagem
  • Certificado de Segurança
  • Ecommerce
  • Desenvolvimento do site
  • Gestão de conteúdo
  • E-mails profissionais
  • Suporte e manutenção
  • Variáveis

Domínio

O domínio do site é o endereço, que geralmente começa com https: // www. Assim como a escolha do nome da empresa, o domínio do site deve ser registrado e não pode haver outro como ele.

Para fazer o registro do domínio, é paga uma taxa anual de cerca de 15€ para sites locais (.com.br, .pt ou .ie, por exemplo). Se o site for .com ou .net, que são domínios internacionais, o valor fica um pouco maior, em cerca de 30 € por ano.

Portanto, considere o domínio como um custo anual para o seu site.

Servidor de hospedagem

Como o nome já diz, hospedagem é o local onde o site e todos os dados contidos nele são armazenados. Além de hospedar o seu site, é o serviço de hospedagem que o disponibiliza para internautas do mundo todo.

Há empresas que oferecem hospedagem grátis ou a um baixo custo. Aqui, mais uma vez, vale pensar na proteção dos dados dos seus clientes e escolher um serviço confiável.

Na helloNira, trabalhamos com as seguintes empresas:

O custo do serviço pode variar bastante. No caso das empresas acima, fica entre 120€ e 150€ por ano.

Certificado de Segurança

O Certificado de Segurança, ou Certificado Digital SSL, impede que dados que circulam no seu site e no servidor de hospedagem sejam modificados por invasões de hackers.

Lojas virtuais, por exemplo, precisam obrigatoriamente de um certificado de segurança para garantir a tranquilidade dos clientes ao digitar informações pessoais e bancárias.

Existem vários tipos de certificados, que devem ser escolhidos de acordo com as necessidades do seu site. De opções gratuitas, como Let’s Encrypt, para opções pagas, desde 40€ até 500€ anuais.

O site também poderá precisar de outras ferramentas de segurança, como backups automatizados, proteção de vírus e outros.

Ecommerce

mulher comprando em um site

Além da preocupação redobrada com a segurança, os ecommerces podem ter mais custos ao utilizar ferramentas de integração de plataformas, payment gateways (sistema comum em ecommerces de empresas de médio ou grande porte, em que uma operadora financeira intermedia os pagamentos feitos no site) etc.

Via de regra, trabalhamos com os seguintes métodos de pagamento: Stripe, Paypal, Cartão de Crédito, geração de dados para pagamento (Multibanco em Portugal e boleto no Brasil) e Mbway (também para Portugal).

O custo geralmente é cobrado em cima das transações e gira em torno de 1.50% a 4% sobre cada compra efetuada.

Desenvolvimento do site

Para saber quanto custa um site, este é provavelmente o passo mais importante e também a maior despesa. A variação de custos para o desenvolvimento de sites pode ser enorme!

O desenvolvimento do site envolve profissionais de design, que criará o layout do site - alinhado com a identidade visual da sua empresa -, um conceito e suas funcionalidades.

Neste momento, o programadores digite também quem garantirá que os recursos do site sejam executados de acordo com suas necessidades.

A atuação destes dois profissionais (que muitas vezes é um só, mas com conhecimento nas duas áreas) é muito importante para a criação de sites funcionais e intuitivos.

Para uma estimativa de valor, uma série de fatores deve ser levada em consideração:

  • Quantidade de páginas do site;
  • Existência de blogs;
  • Complexidade das páginas;
  • Existência de formulários;
  • Simulador (de fretes, de descontos etc.);
  • Animações;
  • Efeitos especiais, entre outros

Consulte a nossa média de preço clicando aqui.

Caso o seu projeto tenha características especiais não contempladas nos descritivos, envie-nos uma mensagem para entendermos as suas necessidades e fazermos um orçamento mais preciso.

Gestão de conteúdo

Definir todos os campos do site, preenchê-los com textos relevantes, imagens gráficas e fotos atrativas é um trabalho árduo, mas que pode ser feito pelo próprio dono do site.

Nesta parte do projeto, enviamos um guia para a criação do conteúdo, baseados no template escolhido e nos recursos apontados.

No entanto, é possível terceirizar esta parte também, deixando que profissionais de redação e design lapidem as suas ideias e necessidades. Se esta for a sua preferência, considere os seguintes custos:

  • 35€ por um texto para web com 500 palavras , otimizado para a busca Google;
  • 30€ por foto profissional de banco de imagens;
  • Desde 150€ para a criação de elementos gráficos e outros designs para web.

E-mails profissionais

E-mails você@suaempresa.com são seguros, dão um ar profissional ao negócio e podem ser fáceis de memorizar.

Para a manutenção destes e-mails, alguns servidores não cobram um valor adicional. Quando ocorre a cobrança, o valor não é muito superior a €15 por ano.

Suporte e manutenção

Os sites desenvolvidos por nós são pensados para te dar independência após a conclusão do projeto. Ou seja, você mesmo poderá atualizá-lo.

Para isto, ao final de cada projeto, enviamos um minimanual com informações básicas de atualização do site em si, dos seus recursos e conteúdos.

Se essa não for a sua praia, ou simplesmente não tiver tempo para isso, também podemos cuidar do seu site para você.

A partir de 35€ mensais, você terá a garantia que o seu site estará seguro e atualizado. Além das atualizações sistêmicas, disponibilizamos 1h por mês para que você faça as alterações que julgar necessárias. Precisa de um plano maior? Envie-nos uma mensagem.

Vale citar que eventuais falhas podem ocorrer com o tempo devido a incompatibilidades após atualizações de templates, plugins etc. Neste caso, se você não optou por aderir à manutenção mensal, terá de recorrer a um profissional para que ele faça os devidos ajustes. Caso tenha um serviço de manutenção contratado, estas possíveis falhas já estarão cobertas.

Variáveis

Como dissemos lá no começo do texto, tudo depende... facilidades podem ser incluídas no seu site e gerar custos. Algumas podem ser essenciais para o seu negócio, outras nem tanto. Por isso o ideal é conhecê-las para saber avaliar.

  • SEO – para o seu site aparecer nas buscas do Google;
  • Tradutor, quando o site precisa estar disponível em mais de um idioma;
  • Integração do site com sistemas de outras empresas;
  • Integraçao com o Mailchimppara envio de mensagens e e-mails marketing;
  • Desenvolvimento de sites afiliados ao seu;
  • Cobrança de assinatura etc.

Como dá para perceber, as possibilidades são imensas! Esperamos que o texto te ajude a avaliar as suas necessidades e ter uma estimativa de quanto custa um site na hora de contratar o serviço.

Para um orçamento personalizado ou informações adicionais, vamos falar!

Siga-nos no Instagram e nos Facebook para saber mais.

Siga Fernanda Bassi:

Produtora de conteúdo

Jornalista e Mestre em Cultura e Comunicação, especializada em representação feminina na mídia. Nascida em São Paulo, é membro do sobrecarregado fluxo migratório Brasil » Irlanda » Portugal. Fluente no dialeto desse movimento, que mistura sua língua nativa com o português de Portugal e o inglês, defende a combinação de pão de queijo, vinho alentejano e irish apple pie no menu de qualquer evento.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *